quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Na Estrada









Um comentário:

Nanael Soubaim disse...

A Variant alemã é encantadora, mas a nossa não fica atrás.